Av. Antônio Marquês Figueira, 1661 - Vila Figueira

Faróis
Faróis polêmicos!

O que serve principalmente para iluminar nosso caminho também pode ser a fonte de xingamento de nossas queridas mamães.
Ahhh os faróis! Presente nos carros desde da época em que eram chamados de “carruagem sem cavalos”. Naquela época a iluminação ainda era feita por simples lampiões a óleo. Eram tempos difíceis para os primeiros motoristas e seus bólidos, que muitas vezes eram desafiados pelos donos de cavalo para uma corrida e PERDIAM!
Mais de 100 anos se passaram desde que as primeiras “carruagens sem cavalo” saíram de suas fábricas para os tempos de hoje. Claro, muita coisa mudou desde então! Hoje em dia os donos de cavalo não tem a menor chance contra nós, os motoristas! Se a velocidade dos carros melhoraram o mesmo aconteceu com os faróis, afinal, quando mais rápido vou mais longe eu preciso enxergar!
Atualmente, a maioria dos carros é equipado com o que é chamado de lâmpada halógena. É uma maravilha da tecnologia! Antes de explicar como ela funciona, preciso comentar como uma lâmpada elétrica normal funciona. É basicamente um fiozinho de tungstênio que é esquentado a altas temperaturas pela energia elétrica gerando luz. O problema dessa lâmpada é que em pouco tempo o tungstênio do fiozinho evapora e a lâmpada acaba queimando. O pulo do gato das lâmpadas halógenas é colocar um gás do grupo halógeno dentro da lâmpada. Esse gás tem como função regenerar o filamento de tungstênio evitando-o de queimar com facilidade. Dessa forma é possível que a lâmpada muito dure mais e gerando muito mais luz! É uma super lâmpada!
Aprendi com o avô do Homem Aranha: “Grandes poderes geram grandes responsabilidades”. É preciso tem muito cuidado com essas super lâmpadas halógenas! Como ela tem uma luz muito forte, quando direcionada para os nossos olhos acabam nos cegando. É o que acontece quando estamos dirigindo a noite e vem um FILHO DA p#&@ com aqueles faróis nos nossos olhos! Claro que há muitos motoristas irresponsaveis que andam com o farol alto ligado, mas a maioria das vezes são apenas carros com os faróis desregulados. É algo que pode acontecer com qualquer um, pois é muito dificil perceber um farol desregulado sem o auxilio de um equipamento especifico. Por isso é necessário cuidado com nossos faróis.
A regulagem de farol assegura um faixo de luz perfeito durante a noite, garantindo uma boa iluminação. Além evita ofuscar os motoristas que dirigem no sentido contrário!
É por isso que criamos a campanha!
“REGULO O FAROL PORQUE MINHA MÃE É UMA SANTA!”